Minha esposa dá para o médico

Minha esposa sempre foi gostosa e fogosa, como já disse em conto anterior sempre gostou de exibir sua imensa bunda arrebitada, suas longas pernas e seus seios empinados, eu como marido sofria muita com isso, mas acostumei me e comecei inclusive a gostar, pois em nossas transas quando enfiava a língua em sua orelha sussurrava insinuações e ela acabava me contando as safadezas e me recompensava com uma bela chupada.

Morávamos em uma pequena cidade e ela ia muitas vezes para um centro maior onde estava procurando tratar de enxaqueca. Havia um neurologista amigo nosso que não era bonito, mas segundo ela era sedutor e estava apaixonado pela mesma. Eu ficava de pau duro só de imaginar e incentiva a paquera.

Minha esposa fodeu com o médico

Naquela quarta feira ela colocou uma minissaia jeans azul, uma mini blusa sem sutiã e uma calcinha transparente, passou na empresa onde eu trabalhava e pediu meu aval, não aguentando, beijei a na boca e masturbei me no banheiro, bebendo minha própria porra só de imaginar minha esposa com o cacete do Dr. Pedro(*) na boca. Fiquei agoniado e fui para casa ao termino do trabalho aguardar Lucia(*), esse é o seu nome.

Por volta das 20 horas ela chegou sem calça, toda contente com o cabelo todo desarrumado e com esperma já cristalizado no rosto, que eu de imediato lambi. Lá chegando era a ultima consulta e o Dr. dispensou a enfermeira e começou a entrevista, minha mulher sabiamente cruzou as pernas mostrando sua buça já entumecida e ficou com quase tudo de fora, pois a saia era muito curta. Por baixo da mesa ela via o volume crescer na calça branca do médico.

Contou seu caso e ele disse vamos fazer um exame completo, inclusive das mamas. Seria interessante que você tirasse toda a roupa na sala ao lado. Era o que Lucia esperava e perguntou e a calcinha Dr. tiro também? Ele responde sim pois quero examinar sua vagina, ver se está tudo bem pois sua enxaqueca por ser psicológica ou de fundo afetivo sexual.

Ela entrou na sala tirou o pouco de roupa que estava usando e deitou se na cama de exames. Dr. Pedro entrou logo em seguida, com aquele volume enorme latejando em sua calça e começou o exame. Tocou a nuca de minha esposa, apalpou seus seios, abriu suas pernas e aproximou se de sua xaninha. Lúcia  fechou os olhos e nesse momento ele meteu sua língua na racha de minha mulher e chupou o seu liquido que já estava escorrendo. Ela enlouqueceu, agarrou o pelos cabelos e puxou o para o seu peito que ele mamou um após o outro.

Não contente agarrou seu cinto e desabotoou sua calça e o incrível caralho do jumento neurológico saltou duro enorme em sua frente, sendo logo abocanhado por minha puta ou melhor esposa. Ela chupava a cabeça, engolia e soltava e lambia as bolas e ele gritava, puta cadela, quero gozar na sua boca e ela chupava até que ele explodiu, Lucia engoliu o que deu para engolir o restante esfregou com creme facial no rosto e no cabelo, enquanto me contava isso eu chupava sua xana, que também fora arrombada pelo médico, tentando achar um pouco da porra dele.

Adorei minha esposa pois ela manteve relacionamento com esse médico por algum tempo e eu tornei me se amigo por conveniência, pois sabia que minha mulher gostava de chupar seu pau e trazia um pouquinho de porra para mim. (Créditos: contoseroticosbr.com)

Sua experiência de masturbação e na cama não será mais a mesma com nossos produtos… Adquira o seu maior prazer agora! https://sensualtoys.com.br/vibradores/vibradores-para-casais.html

(*) Nome fictício.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: